logo
A powerful architecture & Construction theme. Construct your website in the perfect Ratio.
Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula
C E C A

Este é um projeto muito especial

O Centro Educacional à Criança e Adolescente é uma instituição dedicada, desde 1991, ao acolhimento de menores em situação de vulnerabilidade. O momento atual marca o início de uma nova etapa em sua história. Enfim, a oportunidade de construir sua nova sede em um terreno próprio, pensada desde o início em função de suas necessidades e sonhos!

O local para a nova construção fica no município de Embu das Artes.

Um terreno com cerca de 5000m², bastante arborizado e com topografia bem acidentada.

A ocupação do terreno foi planejada a partir de um eixo de organização, uma transição gradual entre os espaços mais públicos e as áreas mais reservadas e privativas.

Áreas Institucionais

A partir da entrada, o primeiro bloco concentra espaços para:

APOIO OPERACIONAL
suporte para a operação do conjunto

ADMINISTRAÇÃO
espaço de trabalho para a equipe técnica e reuniões

CURSOS E OFICINAS
centro de educação voltado para a comunidade externa

A setorização entre essas áreas foi resolvida internamente, organizando as circulações e restrições de acesso em relação a equipe profissional, familiares, e o público externo.

Seguindo esse zoneamento, uma faixa de transição articula todos os acessos, a partir da área da chegada de veículos.

Uma marquise em torno de um bosque interno, com muita vegetação, cria a interligação coberta para a operação cotidiana do conjunto.

No setor mais privativo, o espaço dos moradores.

As Casas foram implantadas estrategicamente de forma espelhada, criando um espaço central de socialização.
A partir dessa área, a leitura visual do lugar como um grande lar, sem a interferência da presença institucional como barreira.

Casas Lar

Serão 02 Casas Lar, cada uma para 10 crianças e adolescentes de 0 a 17 anos.

Nas Casas, um outro eixo de organização coordena os diferentes níveis de apropriação do espaço, socialização e privacidade.

Os ambientes de estar de cada casa reforçam a ideia de lar, de convivência familiar.

Esses espaços sociais se abrem para a área central, caracterizada como o lugar da convivência entre as casas, criando a noção do encontro, da integração, da família maior.

Os acessos aos dormitórios são resguardados através de halls de distribuição.

Essa faixa central cria um maior conforto acústico e concentra as instalações sanitárias.

Na face oposta as áreas de convivência, os dormitórios se abrem para áreas verdes. É o espaço da individualidade de cada criança, o momento de ter um lugar só seu.

Após o setor das Casas, foram distribuídos espaços de recreação com mini-quadra e playground, já se aproximando dos limites em relação ao bosque a ser preservado.

Projeto de arquitetura
Otoni Arquitetura + ODVO Arquitetura e Urbanismo